Contraste
  • Aumentar fonte
  • A+
  • Diminuir fonte
    A-

    São Lourenço – MG

     São Lourenço é uma cidade do sul de Minas Gerais. A cidade está inserida no Circuito das Águas de Minas Gerais, localizada a 392 km da capital, Belo Horizonte, a 293 de São Paulo e a 277 do Rio de Janeiro.

    Todas as vezes que vamos a São Lourenço partimos de Pouso Alegre, também no sul de Minas, às margens da rodovia Fernão Dias. Pouso Alegre está a 129 km de São Lourenço e tem duas opções de estrada: uma passando por Santa Rita do Sapucaí, Pedralva, Cristina e Carmo de Minas e a outra pegando um trecho da Fernão Dias, depois Lambari até encontrar com a outra estrada em Carmo de Minas. As duas estradas têm a mesma distância e leva-se o mesmo tempo de viagem, mas eu prefiro a segunda opção, mesmo que tenha que passar dentro de Lambari, porque a estrada é menos movimentada e menos sinuosa.

    Próximo de São Lourenço estão outras cidades do Circuito Hidromineral, como Caxambu, Lambari e Cambuquira.

    São Lourenço tem muitas atrações, considero duas imperdíveis: o Parque das Águas e a Rota do Café (post do Brasília na Trilha).

    Neste post vou descrever nossa visita à cidade em junho de 2023, quando estivemos também na Basílica Menor de São Lourenço Mártir, na Ermida do Senhor Bom Jesus do Monte, no Mercado Municipal, na Praça João Lage, na Galeria de Artes Paiva Frade, na Estação de Trem, no Teleférico, no Calçadão São Lourenço e na Fazendinha Praia de Minas. Vou dar também algumas informações sobre o comércio, hospedagem, restaurante, cinema e centro de informações turísticas.

    Basílica Menor de São Lourenço Mártir

    A Basílica Menor de São Lourenço Mártir está localizada na região central da cidade, na Avenida Dom Pedro II – 419, a apenas 400 metros do Parque das Águas.

    Basílica Menor de São Lourenço Mártir

    Em 23 de julho de 1927, Dom Inocêncio Engelke, bispo coadjutor da Diocese da Campanha (MG), decretou a criação da Paróquia São Lourenço. O projeto da Igreja foi elaborado pelo engenheiro Ismael de Souza e as obras ficaram a cargo de Afonso Rampinelli. A Basílica tem traços arquitetônicos bizantinos, góticos indianos e coloniais, colunatas em estilos romano e persa.

    A pedra fundamental de sua construção foi lançada em 17 de março de 1935, tendo como paraninfo de honra Getúlio Vargas, então Presidente da República, que compareceu acompanhado de sua esposa, Darcy Vargas. Em 1º de agosto de 1936, a cripta já servia de local para os serviços religiosos; em 1937, foi finalizado o coro; em 1939, foi concretizada a torre lateral; o altar-mor foi confeccionado em Itajubá e instalado em 1943; em 1947, foi colocado o piso em cerâmica vermelha e, em 2016, a Igreja foi elevada à Basílica.

    Basílica Menor de São Lourenço Mártir
    Basílica Menor de São Lourenço Mártir

    Destacam-se no interior da Basílica:

    Basílica Menor de São Lourenço Mártir
    Basílica Menor de São Lourenço Mártir
    Basílica Menor de São Lourenço Mártir
    Basílica Menor de São Lourenço Mártir
    Basílica Menor de São Lourenço Mártir
    Basílica Menor de São Lourenço Mártir
    Basílica Menor de São Lourenço Mártir
    Basílica Menor de São Lourenço Mártir

    O exterior da Basílica é bem bonito, destacando-se ainda mais com a iluminação.

    Basílica Menor de São Lourenço Mártir
    Basílica Menor de São Lourenço Mártir

    Destacam-se ainda:

    Basílica Menor de São Lourenço Mártir
    Escultura em homenagem aos 90 anos da Paróquia São Lourenço Mártir

    Ermida do Senhor Bom Jesus do Monte

    A Ermida do Senhor Bom Jesus do Monte está localizada na Rua Dr. Antônio Carlos, s/n., que fica a apenas 600 metros do Parque das Águas. Anos atrás, o acesso também podia ser feito por uma escada localizada em frente à Fonte Ferruginosa dentro do parque, mas há tempos o portão foi fechado, impedindo a passagem.

    Entrada da Ermida do Senhor Bom Jesus do Monte
    Ermida do Senhor Bom Jesus do Monte – fachada voltada para o Parque das Águas

    Ermida significa lugar ermo, onde costumavam ser erguidas as igrejas para que os fieis pudessem fazer suas orações sossegados.

    A Ermida do Senhor Bom Jesus do Monte foi a primeira igreja da cidade. No dia 10 de agosto de 1891, dia do padroeiro, foi erguido o Cruzeiro e celebrada a primeira missa. A Cruz, como de costume, preparava o local onde seria construída a Ermida.

    Ermida do Senhor Bom Jesus do Monte
    Ermida do Senhor Bom Jesus do Monte

    Sua construção foi concluída em 1903 pelo construtor Manoel Alves Esteves, conhecido como Manoel Espanhol. A família Veiga era a proprietária da Igreja, que doou a primeira imagem do padroeiro, de origem francesa.

    Em 1973, Frei Osmar Dirks, então Vigário da Paróquia de São Lourenço, realizou a restauração da Ermida. A última restauração foi efetivada em 1998. Em 2006, a Nestlé Waters Brasil doou a Igreja para a Paróquia de São Lourenço Mártir. Em 2012, devido a seu valor histórico, cultural e arquitetônico, a Ermida foi tombada pelo município.

    Destacam-se:

    Ermida do Senhor Bom Jesus do Monte
    Ermida do Senhor Bom Jesus do Monte
    Ermida do Senhor Bom Jesus do Monte
    Cópia do Santo Sudário – Vitral ao lado

    Veja o vídeo sobre a Ermida, produzido pelo Parque das Águas de São Lourenço.

    Pesquisei sobre os horários de abertura da Igreja e as informações estão divergentes. No portão de entrada consta que a igreja abre às terças e quintas, das 8 às 16 horas e sábado, das 8 às 12 horas, mas encontrei informações também de que abre todos os dias.

    Tradicionalmente, de 31 de julho a 10 de agosto, é realizada a festa de São Lourenço. No dia 31 de julho, a imagem do padroeiro é levada da Ermida para a Basílica, dando início à Festa de Agosto, como é chamado o evento para celebrar o santo padroeiro, São Lourenço Mártir.

    Mercado Municipal

    O Mercado Municipal está localizado na esquina da Rua Cel. José Justino com a Rua Dr. Ribeiro da Luz, no centro da cidade, a 400 metros da Basílica e a 800 metros do Parque das Águas. Ele foi fundado em 1936.

    Mercado Municipal de São Lourenço

    O Mercado é bem pequeno, com poucos boxes, mas muito limpo e organizado. Um bom local para comprar doces, queijos, panelas (de barro, ferro, cobre, alumínio entre outros materiais), cachaças, vinhos, artesanatos, antiguidades, talhas de barro, utensílios de ágata, embutidos, rapadura, fubá de moinho para fazer angu mineiro, farinha de milho, pó de café, bucha vegetal, cabaças, balaios, cestas e peneiras de fibra natural, cereais, temperos, pimentas, peixes, frutas e verduras (por incrível que pareça o Mercado tem apenas um box de frutas e verduras).

    Abre diariamente das 8 às 18 horas e, aos domingos, das 8 às 12 horas.

    Praça João Lage

    A Praça João Lage é conhecida popularmente como Praça Brasil, pois este foi seu primeiro nome, recebido no final da década de 1950, por sugestão do doador do terreno: João Lage. É a principal praça da cidade e está situada ao lado do tradicional Hotel Brasil e em frente ao Parque das Águas, ou seja, todos os turistas obrigatoriamente passam por ela.

    A Praça é bastante movimentada, com crianças brincando no parquinho, muitos idosos caminhando, são lourencianos e turistas.

    Ela é palco de diversas expressões da cultura popular e de muitos eventos: feira de artesanato, noites de “hora dançante” e aos sábados e domingos, forró. Em julho tem atividades do festival de inverno. É dali também que partem o trenzinho turístico e as charretes (esta atividade será encerrada em breve por lei municipal).

    As praças também são locais para homenagens e nessa tem uma estátua de Francisca de Paula de Jesus, conhecida popularmente como Nhá Chica, feita em 2020 pelo artista plástico e escultor Leandro Cândido de Carvalho, natural de São Lourenço. Nhá Chica nasceu em São João del-Rei, em 1808, e faleceu em Baependi, em 1895. Foi a primeira negra, analfabeta e filha de escrava a ser beatificada pela Igreja Católica, em 2013. Tem também um busto do Dr. Eurípedes da Costa Prazeres (1895-1995), por ocasião de seu centenário. Ele publicou teses revolucionárias sobre o emprego da água mineral no tratamento de várias doenças.

    Galeria de Arte Paiva Frade

    A Galeria de Arte Paiva Frade está Localizada na Avenida Getúlio Vargas, 350, próxima ao Calçadão São Lourenço (2 quarteirões). Pertence a Alexandre Paiva Frade, leiloeiro oficial do estado de Minas Gerais. Em 2023, ela completa 30 anos de sua fundação.

    A Galeria tem de tudo um pouco, em seus dois andares: quadros, mobiliário original e réplicas, louças, esculturas, cristais, oratórios, abajures, relógios, vasos, e muito mais. Todos os artigos expostos estão à venda e de tempos em tempos são realizados leilões virtuais, transmitidos da própria galeria. Mesmo que não compre nada, vale a pena conhecer e admirar tanta arte.

    Trem das Águas

    A Estação do Trem das Águas está localizada em frente à Praça da Estação, distante apenas 1,1 km do Parque das Águas.

    Praça da Estação
    Praça da Estação

    O Trem das Águas é um trem turístico que percorre 10 km da Estação de São Lourenço até a Estação de Soledade de Minas. A estação é de 1884 e foi inteiramente recuperada em 2015. A locomotiva é a vapor (Maria Fumaça), oriunda da Estrada de Ferro Leopoldina. O trem é operado pela ABPFRegional Sul de Minas.

    Estação São Lourenço
    Locomotiva a vapor
    Locomotiva a vapor
    Lenhas para abastecer a locomotiva
    Estação São Lourenço
    Estação São Lourenço
    Estação São Lourenço
    Estação São Lourenço

    A viagem dura em torno de duas horas: 40 minutos a ida; 40 minutos em Soledade, para que os turistas possam conhecer a feira de artesanato e comer algumas guloseimas, e para a locomotiva fazer a manobra para voltar, e mais 40 minutos de viagem de volta.

    Nos vagões, os passageiros contam com guias e violeiros que ajudam a animar ainda mais o passeio. Além disso, durante o passeio, é possível comprar bebidas e souvenires, como camisetas, bonés, entre outros.

    O trajeto vai margeando o Rio Verde e o turista pode apreciar, além das bonita paisagem, a pequena estação Parada Ramon. Infelizmente, o trem não para aqui.

    Os passeios de trem ocorrem aos sábados às 10 horas e às 14h30 e aos domingos às 10 horas. Nos feriados, é necessário confirmar, pois podem cancelar ou acrescentar horários extras. Consulte o site do Trem das Águas ou ligue (35) 3332-3011 ou (35) 98817-6477 para maiores informações.

    O ingresso pode ser comprado online, o que é recomendado para garantir seu lugar. Acesse o site para compra: https://appticket.com.br/trem-das-aguas ou faça a reserva pelo tel.: (35) 3332-3011 (horário comercial e finais de semana) ou pelo e-mail reservas@tremdasaguas.tur.br.

    Em 2023, os ingressos custam R$ 105,00 no vagão da primeira classe e R$ 90,00 no vagão da segunda classe. Estes preço correspondem a meia entrada, que estão sendo praticados nas férias de julho. Consulte Informações para saber mais. Há também a opção de fazer o passeio em um vagão restaurante, consulte a disponibilidade desse ingresso.

    Mesmo que não faça o passeio, vá conhecer a Estação, a Praça da Estação e tire algumas fotos.

    Teleférico

    O Teleférico está localizado na Avenida Dom Pedro II – 35 (a base), bem próximo do Mercado Municipal.

    O Teleférico é bem simples, do tipo cadeirinhas duplas, com extensão de 800 metros. O percurso é pequeno e leva em torno de 15 minutos a subida e mais 15 a descida. A vista durante o trajeto não é das mais bonitas, digamos assim. Logo na partida, você passa sobre o Rio Verde. Do topo, no Morro do Mirante, é possível avistar a cidade 360º. Tudo é bem limpo e organizado, embora esteja precisando de algumas reformas na estrutura de alvenaria.

    Base do Teleférico
    Percurso do Teleférico
    Percurso do Teleférico
    Percurso do Teleférico
    Mirante e futura lanchonete
    Vista do Mirante
    Percurso do Teleférico – Rio Verde
    Morro do Mirante ao centro – foto tirada do Hotel Central Parque
    Jardim no Mirante

    O ingresso custa R$ 30,00 (ida e volta). Acho caro pelo que oferece, mas procurei olhar pelo lado do incentivo ao turismo, ou seja, ajudar no desenvolvimento das atrações da cidade. O teleférico funciona todos os dias, embora nos dias de semana feche entre 12 e 13 horas. Na base da estação há uma lanchonete e uma uma pequena loja, onde o ingresso para o teleférico é vendido.

    Está prevista a abertura de uma lanchonete no alto do mirante, mas em junho de 2023 ainda não estava funcionando.

    Outra opção é ir até o mirante de carro. Fizemos as duas, de carro e de teleférico. A entrada para o mirante, para quem subiu de carro, não é paga. O caminho até lá é fácil e todo pavimentado.

    Calçadão São Lourenço

    O Calçadão São Lourenço é uma rua pedonal, Rua Wenceslau Braz. Ele começa na Avenida Comendador Costa, onde tem uma fonte, e vai até a Avenida Pedro II (Avenida da Basílica), onde tem um portal.

    Início do Calçadão
    Fim do Calçadão

    No Calçadão tem lojas, bares e restaurantes, além de dar acesso à Vila Mineira (que também tem acesso pela Avenida Pedro II), onde há mais lojas e bares bem aconchegantes. O Calçadão é um lugar onde certamente você irá passar. Para quem gosta, tem bar com música ao vivo.

    Vila Mineira
    Calçadão
    Calçadão

    Fazendinha Praia de Minas

    A Fazendinha Praia de Minas está localizada praticamente na cidade, na Rua Maria da Glória Ensa – 500, a apenas 2 km do Parque das Águas.

    Passamos por lá antes de pegarmos a estrada de volta para Pouso Alegre (MG) com a intenção de almoçarmos. O restaurante tem decoração rústica e um deck com vista para a Fazendinha. O serviço é à la cart e a comida feita na hora é boa, muito bem servida e com bom preço. Tem opções de lanche também.

    Na entrada do restaurante tem um empório com produtos da região como queijos, doces, biscoitos, cachaças, embutidos produzidos lá mesmo, entre outros. Além do restaurante e do empório, a Fazendinha disponibiliza chalés para hospedagem.

    Um dos destaques da Fazendinha é o serviço day use, que não deu tempo para experimentarmos – o valor atualmente está em promoção por R$ 15,00 (junho de 2023). Veja alguns dos atrativos: praia de minas, parquinho, bar da praia, pesca esportiva, redário, leite ao pé da vaca, andar pelas pedras do Rio das Pedras entre outros.

    Comércio

    A cidade de São Lourenço é muito bem servida de lojas multimarcas, de doces, queijos e bebidas, confecções, malharia, artesanatos e souvenires. Boa parte está no centro da cidade, próximas do Parque das Águas.

    Na Avenida Dr. Saturnino da Veiga (avenida que divide o Parque das Águas ao meio) tem a Aldeia Vila Verde, onde há lojinhas padronizadas, uma ao lado da outra. A maioria só abre a partir de quinta-feira, quando o movimento na cidade aumenta.

    Aldeia Vila Verde
    Aldeia Vila Verde
    Avenida Dom Pedro II

    Rede Hoteleira

    A rede hoteleira de São Lourenço é uma das maiores de Minas Gerais. São dezenas de hotéis de vários tipos, urbanos e rurais, pequenos e grandes, caros e baratos, ou seja, tem hotel para todos os gostos e bolsos. Muitos estão localizados próximos do Parque das Águas.

    Já fiquei hospedado no Hotel Central Parque e achei uma ótima escolha. Fiz a reserva diretamente no site do Hotel, pois estava com melhor preço. O hotel fica em um edifício de 10 antares de frente para o lago do Parque das Águas. Tem uma vista espetacular do Parque e da cidade. O quarto é muito espaçoso, com varanda, cama king size e uma ducha excelente. O café da manhã é bem variado. No hall tem café e pão-de-queijo como cortesia. O hotel tem restaurante com algumas (poucas) opções para jantar, garagem, sauna e uma piscina na cobertura. O preço é compatível com o que é oferecido.

    Vista da Cobertura do Hotel
    Piscina na cobertura do Hotel
    Vista da cobertura do Hotel
    Vista da cobertura do Hotel
    Hotel visto do Parque das Águas

    Restaurantes

    A cidade oferece uma grande variedade de restaurantes, cafés, hamburguerias, bistrôs, bares, pizzarias.

    Nossas viagens não costumam ser viagens gastronômicas, então, optamos pelo restaurante de bufê a quilo Ki Beleza, localizado na Avenida Dom Pedro II, próximo da Basílica. Comidinha mineira com bom atendimento e bom custo-benefício. Se quiser tomar um ótimo café, café especial, minha sugestão é o Café Unique, que faz a Rota do Café, publicada no blog – fica na saída para Carmo de Minas.

    Informações Turísticas

    O Centro de Informações Turísticas está localizado no calçadão ao lado do Parque das Águas.

    Cinema

    Depois de um dia de passeio ou um dia chuvoso a uma boa opção pode ser o Cine São Lourenço, localizado na Avenida Comendador Costa, 289 – Centro – de frente para o grande lago do Parque das Águas.

    Curiosidade

    Chamou nossa atenção a quantidade de motos que circulam por São Lourenço, imagino que seja uma das cidades de Minas com o maior número de motos por habitantes.

    Restaurante Ki Beleza
    Centro de Informações Turísticas
    Estacionamento de motos

    Posts Relacionados

    Deixe um comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

    Ultimas Postagens

    ver todas

      Brasília na Trilha – 10 anos

      Diário de viagem Há dez anos surgia a inspiração para a criação do blog Brasília na Trilha. A ideia nasceu quando estávamos a caminho de Diamantina – MG, para uma aventura em veículo 4×4, com minha esposa e nossos filhos, além de outros amigos também em carros 4×4. Pensamos em registrar esta e outras viagens […]

        Diamantina – MG

        Brasília na Trilha – 10 anos Diário de viagem Há dez anos surgia a inspiração para a criação do blog Brasília na Trilha. A ideia nasceu quando estávamos a caminho de Diamantina – MG, para uma aventura em veículo 4×4, com minha esposa e nossos filhos, além de outros amigos também em carros 4×4. Pensamos […]

          Caminhada Costeira Coogee a Bondi – Sydney (Austrália)

          Coastal Walkway (caminhada costeira) é o percurso realizado a pé pela costa leste australiana entre as praias de Coogee e a badalada Bondi ou vice-versa (links de posts do Brasília na Trilha). O trecho de uma praia à outra é de 6 km, simplesmente fantástico, imperdível. Gastamos 3 horas para percorrer todo o percurso, parando […]

            Bondi Beach – Sydney (Austrália)

            Bondi (originalmente Boondi, pronuncia-se “Bon-dai”) dá nome ao bairro e à praia, uma das mais badaladas da região metropolitana de Sydney, localizada a apenas 7 km da área central da cidade. Bondi, North Bondi e Bondi Junction têm menos de 12 mil habitantes e formam um dos maiores centros comerciais e residenciais de Sydney. Há […]

              Coogee Beach – Sydney (Austrália)

              Coogee Beach foi a terceira e última praia de Sydney que conhecemos, em nosso quarto dia de Sydney (5 de setembro de 2023). Era inverno, mas o dia estava ensolarado, ótimo para caminhar pela praia, pela calçada da orla e para percorrer a costa entre Coogee e Bondi. Estava ventando menos e foi possível ficar […]

                Manly Beach – Sydney (Austrália)

                Manly foi a segunda praia de Sydney que conhecemos (a primeira foi Bondi), já em nosso terceiro dia na cidade (4 de setembro de 2023). Embora fosse inverno, a temperatura estava amena, em torno de 20ºC, ótimo para caminhar na praia e na calçada da orla. Apesar do vento frio, foi possível tomar um pouco […]