Contraste
  • Aumentar fonte
  • A+
  • Diminuir fonte
    A-

    Torre Brasília no Santuário de Nossa Senhora Aparecida (Aparecida-SP)

    Entrada da Torre Brasília – Museu e Mirante

    A Torre Brasília – Mirante e Museu abriga o Museu Aparecida, o Mirante e grande parte da Administração do Santuário. Está localizada entre a Arcada Norte e a Oeste. Quando for comprar o ingresso, observe que há a opção de compra combinada com a Cúpula.

    A Torre foi inaugurada em 11 de janeiro de 1961, pelo então  Presidente Juscelino Kubitschek. O projeto é do arquiteto Benedito Calixto de Jesus Neto e a construção esteve sob a orientação de engenheiros americanos.

    No ano de 2007, a Torre ganhou um relógio de quatro toneladas,  construído em Madrid – Espanha, com patrocínio de empresas europeias e da Relojoaria Cândido Valverde. Cada ponteiro do relógio mede 5,3 metros e pesa 190 kg, enquanto os que marcam os minutos têm 7,4 metros e pesam 248 kg. A iluminação do relógio é feita com 12 mil leds, dispostos em 400 metros de tiras instaladas nos ponteiros e nos numerais.

    Torre Brasília (ao fundo) – Torre do Relógio

    Museu Aparecida foi inaugurado em 1956 e transferido para a Torre Brasília em 1967. Não é permitido fotografar no Museu, mas neste link é possível fazer um passeio virtual por ele.

    O espaço conta com exposições permanentes e temporárias sobre diversas temáticas, tendo como pano de fundo a história da devoção à Nossa Senhora Aparecida.

    Museu Aparecida

    O Mirante está a 109 metros de altura (16 andares), o que proporciona uma bela vista de 360º – vale a pena conferir.

    Vista do Mirante da Torre Brasília
    Vista da Passarela da Fé do Mirante da Torre Brasília
    Vista do Mirante da Torre Brasília
    Vista da Praça de Alimentação – Estacionamento – Memorial da Devoção e Arena
    do Mirante da Torre Brasília

    Deixe um comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

    Ultimas Postagens

    ver todas

      Roteiro de Bike – Passadiço Ribeirinho de Loures – Lisboa (Portugal)

      Passadiço Ribeirinho de Loures O Passadiço Ribeirinho de Loures é uma passarela de madeira, do tipo palafita, às margens do Rio Tejo, sobre uma zona de sapais e lodaçais, destinada a pedestres e bicicletas, com de 6,15 km de extensão. Começa em Bobadela, na Ponte Ciclo pedonal do Rio Trancão (a 1,5 km da Ponte Vasco da […]

        Brasília na Trilha – 10 anos

        Diário de viagem Há dez anos surgia a inspiração para a criação do blog Brasília na Trilha. A ideia nasceu quando estávamos a caminho de Diamantina – MG, para uma aventura em veículo 4×4, com minha esposa e nossos filhos, além de outros amigos também em carros 4×4. Pensamos em registrar esta e outras viagens […]

          Diamantina – MG

          Brasília na Trilha – 10 anos Diário de viagem Há dez anos surgia a inspiração para a criação do blog Brasília na Trilha. A ideia nasceu quando estávamos a caminho de Diamantina – MG, para uma aventura em veículo 4×4, com minha esposa e nossos filhos, além de outros amigos também em carros 4×4. Pensamos […]

            Caminhada Costeira Coogee a Bondi – Sydney (Austrália)

            Coastal Walkway (caminhada costeira) é o percurso realizado a pé pela costa leste australiana entre as praias de Coogee e a badalada Bondi ou vice-versa (links de posts do Brasília na Trilha). O trecho de uma praia à outra é de 6 km, simplesmente fantástico, imperdível. Gastamos 3 horas para percorrer todo o percurso, parando […]

              Bondi Beach – Sydney (Austrália)

              Bondi (originalmente Boondi, pronuncia-se “Bon-dai”) dá nome ao bairro e à praia, uma das mais badaladas da região metropolitana de Sydney, localizada a apenas 7 km da área central da cidade. Bondi, North Bondi e Bondi Junction têm menos de 12 mil habitantes e formam um dos maiores centros comerciais e residenciais de Sydney. Há […]

                Coogee Beach – Sydney (Austrália)

                Coogee Beach foi a terceira e última praia de Sydney que conhecemos, em nosso quarto dia de Sydney (5 de setembro de 2023). Era inverno, mas o dia estava ensolarado, ótimo para caminhar pela praia, pela calçada da orla e para percorrer a costa entre Coogee e Bondi. Estava ventando menos e foi possível ficar […]