Contraste
  • Aumentar fonte
  • A+
  • Diminuir fonte
    A-

    Borda da Mata – MG

    Borda da Mata está localizada no Sul de Minas Gerais, a 25 km de Pouso Alegre, a 426 km de Belo Horizonte e a 226 km de São Paulo. O município faz limite com as cidades de Pouso Alegre, Congonhal, Senador José Bento, Ouro Fino, Inconfidentes e Tocos do Moji. 

    No ranking de Desenvolvimento Humano Municipal tem o índice 0,730, considerado alto, ocupando a 83ª posição, dentre os 853 municípios mineiros. Em 2019, a população de Borda da Mata foi estimada em 19.412 habitantes.

    Borda da Mata produz café, milho, feijão, arroz, mandioca e batata; na pecuária, o forte é a criação de gado de corte e galináceos. A produção de leite, ovos e mel completam a lista dos produtos.

    Integrante do Circuito Turístico das Malhas do Sul de Minas, a cidade se destaca pela produção de pijamas e tecelagens, as quais são conhecidas em todo o país. Já próximo da cidade, há várias lojas à margem da rodovia que liga Pouso Alegre a Borda da Mata. Na cidade há outras tantas.

    Não era nosso objetivo fazer compras, mas paramos para conhecer e acabamos comprndo alguns pijamas, que são de boa qualidade e têm bom preço. Nesse trecho, além das lojas de pijamas, há lojas de artigos de decoração e um café.

    Lojas ao lado da Rodovia Borda da Mata para Pouso Alegre

    A cidade também está inserida na rota do Caminho da Fé, pelo qual fiéis percorrem 320 km a pé, de Águas da Prata-SP até Aparecida- SP, atravessando a Serra da Mantiqueira por estradas vicinais, trilhas, bosques e asfalto, por mais de 15 cidades. O Caminho da Fé conta com várias outras rotas (chamadas de ramais). Para conhecer os ramais clique aqui e para visualizar o mapa dos ramais clique aqui. Não tivemos ainda a oportunidade de fazer uma dessas rotas, mas temos interesse em nos prepararmos para fazer um dia.

    Nossa Senhora do Carmo é a padroeira do município, que foi emancipado em 16 de novembro de 1924. A festa de aniversário da cidade, no entanto, é comemorada em 16  de julho, mesmo dia da padroeira da cidade.

    Em 2005, a igreja Matriz foi elevada à Basílica Menor pelo Papa Bento XVI. Na época, o Arcebispo da Arquidiocese de Pouso Alegre era Dom Ricardo Pedro Chaves Pinto Filho

    Basílica menor ou Basílica é um título honorífico concedido pelo Papa a igrejas de diversos países, consideradas importantes por vários motivos, tais como: veneração que lhe devotam os cristãos, transcendência histórica e beleza artística de sua arquitetura e decoração. Razões pelas quais Borda da Mata recebe peregrinos e visitantes. Durante a novena e a festa da padroeira, de 7 a 16 de julho, a cidade recebe muitas pessoas que participam das celebrações religiosas. 

    A intenção principal da nossa visita era conhecer a Basílica de Nossa Senhora do Carmo. Realmente muito bonita, por dentro e por fora.

    .

    A Basílica de Nossa Senhora do Carmo é a única Basílica da Arquidiocese de Pouso Alegre, que compreende 46 cidades. É também a única no percurso até a Basílica de Aparecida pelo Caminho da Fé. Ela faz parte de uma lista de aproximadamente 75 basílicas existentes no Brasil, 20 delas em Minas Gerais.

    Além do busto em frente à Basílica, há em seu interior uma homenagem ao Monsenhor Pedro Cintra, importante empreendedor social com expressiva participação na história de Borda da Mata.

    Busto do Monsenhor Pedro Cintra em primeiro plano e Nossa Senhora do Carmo no top da Basílica

    Em frente à Basílica está a Praça Nossa Senhora do Carmo e em seguida a Praça Antônio Megale, ambas com jardins e calçadas bem cuidados e bancos, com destaque para o coreto Agenor de Mello, inaugurado em 2013 e para a fonte luminosa, inaugurada em 1967.

    Praça Antônio Megale com a fonte luminosa ao centro e a Basílica ao fundo
    Praça Nossa Senhora do Carmo e o Coreto Agenor de Mello

    Na parte de trás da Basílica também tem um jardim, que se extende por aproximadamente 500 metros até o cemitério. O destaque são as árvores frondosas e o parquinho infantil.

    Jardim e parquinho atrás da Basílica
    Jardim e parquinho atrás da Basílica

    No entorno da Igreja e da Praça podemos apreciar algumas casas antigas e a Padaria Real, cuja especialidade é a rosca rainha, muito boa, além de muitos outros quitutes e quitandas mineiras. Um bom local para tomar um café.

    • Casa antiga ao lado da igreja

    .

    Da praça ao fundo da Basílica seguimos até o cemitério (500 metros) e viramos à esquerda, pegando uma estrada de terra (boa) até o alto da morro (2 km), onde está o Cruzeiro. De lá você tem uma bela vista da região. Vale a pena conhecer.

    • Vista do Cruzeiro

    .

    Nossa passagem por Borda da Mata foi bem rápida e não deu para explorar os roteiros de aventura, como as trilhas, que podem ser feitas de carro, a pé ou de bike. Três delas já foram sinalizadas para dar início à Rota de Aventura: Pesqueiro/Cruzeiro (21 km), Volta do Darney (25 km) e Pedra do Retiro (25 km).  Outras rotas foram definidas em Borda da Mata, além das já citadas, como a gastronômica e a da cidade. Confira no site da Prefeitura Municipal. 

    Deixe um comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

    Ultimas Postagens

    ver todas

      Roteiro de Bike – Passadiço Ribeirinho de Loures – Lisboa (Portugal)

      Passadiço Ribeirinho de Loures O Passadiço Ribeirinho de Loures é uma passarela de madeira, do tipo palafita, às margens do Rio Tejo, sobre uma zona de sapais e lodaçais, destinada a pedestres e bicicletas, com de 6,15 km de extensão. Começa em Bobadela, na Ponte Ciclo pedonal do Rio Trancão (a 1,5 km da Ponte Vasco da […]

        Brasília na Trilha – 10 anos

        Diário de viagem Há dez anos surgia a inspiração para a criação do blog Brasília na Trilha. A ideia nasceu quando estávamos a caminho de Diamantina – MG, para uma aventura em veículo 4×4, com minha esposa e nossos filhos, além de outros amigos também em carros 4×4. Pensamos em registrar esta e outras viagens […]

          Diamantina – MG

          Brasília na Trilha – 10 anos Diário de viagem Há dez anos surgia a inspiração para a criação do blog Brasília na Trilha. A ideia nasceu quando estávamos a caminho de Diamantina – MG, para uma aventura em veículo 4×4, com minha esposa e nossos filhos, além de outros amigos também em carros 4×4. Pensamos […]

            Caminhada Costeira Coogee a Bondi – Sydney (Austrália)

            Coastal Walkway (caminhada costeira) é o percurso realizado a pé pela costa leste australiana entre as praias de Coogee e a badalada Bondi ou vice-versa (links de posts do Brasília na Trilha). O trecho de uma praia à outra é de 6 km, simplesmente fantástico, imperdível. Gastamos 3 horas para percorrer todo o percurso, parando […]

              Bondi Beach – Sydney (Austrália)

              Bondi (originalmente Boondi, pronuncia-se “Bon-dai”) dá nome ao bairro e à praia, uma das mais badaladas da região metropolitana de Sydney, localizada a apenas 7 km da área central da cidade. Bondi, North Bondi e Bondi Junction têm menos de 12 mil habitantes e formam um dos maiores centros comerciais e residenciais de Sydney. Há […]

                Coogee Beach – Sydney (Austrália)

                Coogee Beach foi a terceira e última praia de Sydney que conhecemos, em nosso quarto dia de Sydney (5 de setembro de 2023). Era inverno, mas o dia estava ensolarado, ótimo para caminhar pela praia, pela calçada da orla e para percorrer a costa entre Coogee e Bondi. Estava ventando menos e foi possível ficar […]