Contraste
  • Aumentar fonte
  • A+
  • Diminuir fonte
    A-

    Portugal – Diário 3

    Mais uma vez a família Brasília na Trilha embarca para Portugal. É a quinta vez, sendo a segunda no ano e a terceira publicada no blog. Esta viagem aconteceu em novembro de 2018. O roteiro desta vez foi um pouquinho mais tranquilo pois estávamos com meus pais, que já têm mais de 80 anos, porém, bem inteiros e dispostos. Nesta viagem visitamos lugares que já conhecíamos e acrescentamos outros novos, o que foi muito interessante. 

    Como sempre faço vou comentar algumas coisas que considero importantes, antes mesmo de descrever o roteiro que fizemos. É impressionante como sempre aprendemos coisas novas e aprimoramos o conhecimento sobre outras coisas que já sabíamos (ou pensávamos saber).

    Em publicações anteriores falei muito sobre locação de carro, hospedagem e alimentação. Vou agora apenas complementar algumas informações.

    Um dos itens importantes antes de iniciar o planejamento da viagem é pesquisar o preço das passagens. Se você tem flexibilidade de datas tenha atenção, pois os preços variam muito. Outra coisa importante é definir por qual empresa aérea quer viajar. Temos viajado pela TAP e não temos do que reclamar. Desta vez, no entanto, observamos que os voos saindo de Brasília, onde moramos, estavam quase o dobro do preço dos voos saindo de São Paulo. Conclusão: partimos de São Paulo. Para não cansarmos muito viajamos de Brasília para SP no dia anterior à viagem para Lisboa. Dormimos em São Paulo em um hotel próximo ao aeroporto com transfer de ida e volta.

    Nossa viagem teve início no dia 29 de outubro e partimos para Lisboa no dia 30. Chegamos muito cedo em Lisboa no dia 31, mas conseguimos negociar um check in antecipado com o proprietário do apartamento que alugamos, o que foi primordial.

    Uma dica interessante: ainda no Aeroporto já compramos um chip na loja da Vodafone para Internet por 15 Euros, para usar por 15 dias – essencial. A loja fica à direita logo que você sai do desembarque. Se a loja estiver com fila, que é comum, suba a escada rolante próxima e terá uma outra loja da Vodafone – a loja é menor e normalmente tem apenas uma pessoa atendendo.

    No dia 31 aproveitamos para organizar as coisas no apartamento, fazer uma pequena compra de supermercado, descansar um pouquinho e, o principal, visitar a filha querida que agora estuda em Lisboa. Fomos conhecer sua faculdade, sua casa e o bairro onde mora. Tivemos um pouco da experiência do lisboeta – acompanhamos nossa filha à lavanderia, lanchamos na Universidade e andamos pelo bairro, que não é turístico, mas é muito bom para se viver.

    Do dia 1º até o dia 13 de novembro fizemos turismo. Alugamos um carro ao chegar ao aeroporto e viajamos nos dias seguintes pelas cidades próximas de Lisboa. Devolvemos o carro no dia 7 de noite e daí para frente fizemos turismo somente em Lisboa.

    No dia 13 de novembro nos despedimos de Lisboa. Nosso voo foi de noite o que permitiu  que passeássemos pela cidade mais um pouco. 

    HOSPEDAGEM EM LISBOA

    Ao escolher o tipo de hospedagem repetimos o que temos feito nas últimas viagens, ou seja, optamos pelo AirBnb.

    Alugamos um apartamento de dois quartos e dois banheiros para 4 pessoas. Alugar um apartamento fica uns 30% mais barato que um hotel do padrão Ibis, por exemplo. Temos percebido que o valor de hospedagem em Lisboa tem aumentado consideravelmente, não apenas porque o nosso Real tem desvalorizado frente ao Euro, mas também porque o turismo em Portugal tem aumentado muito e os preços vêm subindo exponencialmente. Para terem uma ideia, o apartamento que alugamos em fevereiro de 2018 quase dobrou de preço com relação a novembro de 2018.

    Uma vantagem do apartamento é permitir ter mais conforto, não ficar confinado num único cômodo, ter uma maior interação entre todos e ainda a possibilidade de tomar o café da manhã e fazer um  lanche no final do dia/noite em casa com um custo mais reduzido que num hotel.

    Para alugar é importante observar algumas questões: 



    Observação sobre o valor do aluguel: os preços do Airbnb variam muito dependendo do dia/mês. Além do valor da diária também tem a taxa de limpeza, taxa do Airbnb e impostos. Dependendo da quantidade de hóspedes o preço também varia. Este apartamento que ficamos é apenas uma referência, pois não é garantido que ele esteja no Airbnb sempre.

    LOCAÇÃO DE CARRO OU TRANSPORTE PÚBLICO/PRIVADO

    Sobre esse assunto eu sempre gosto de comentar alguma coisa, pois a cada viagem descubro algo a mais.

    Clique aqui para ver o post do blog Brasília na Trilha sobre este assunto.

    Espero que as informações que passamos possam ajudar no planejamento de sua viagem. Para mim servirá de recordação de dias maravilhosos que passamos em família em um país tão encantador.

    Posts Relacionados

    1. maria helena rebello vieira disse:

      Se é desejo de fazer este passeio à Portugal siga este Diário de viagem ,pois são otimas todas informações!

    Deixe um comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

    Ultimas Postagens

    ver todas

      Roteiro de Bike – Passadiço Ribeirinho de Loures – Lisboa (Portugal)

      Passadiço Ribeirinho de Loures O Passadiço Ribeirinho de Loures é uma passarela de madeira, do tipo palafita, às margens do Rio Tejo, sobre uma zona de sapais e lodaçais, destinada a pedestres e bicicletas, com de 6,15 km de extensão. Começa em Bobadela, na Ponte Ciclo pedonal do Rio Trancão (a 1,5 km da Ponte Vasco da […]

        Brasília na Trilha – 10 anos

        Diário de viagem Há dez anos surgia a inspiração para a criação do blog Brasília na Trilha. A ideia nasceu quando estávamos a caminho de Diamantina – MG, para uma aventura em veículo 4×4, com minha esposa e nossos filhos, além de outros amigos também em carros 4×4. Pensamos em registrar esta e outras viagens […]

          Diamantina – MG

          Brasília na Trilha – 10 anos Diário de viagem Há dez anos surgia a inspiração para a criação do blog Brasília na Trilha. A ideia nasceu quando estávamos a caminho de Diamantina – MG, para uma aventura em veículo 4×4, com minha esposa e nossos filhos, além de outros amigos também em carros 4×4. Pensamos […]

            Caminhada Costeira Coogee a Bondi – Sydney (Austrália)

            Coastal Walkway (caminhada costeira) é o percurso realizado a pé pela costa leste australiana entre as praias de Coogee e a badalada Bondi ou vice-versa (links de posts do Brasília na Trilha). O trecho de uma praia à outra é de 6 km, simplesmente fantástico, imperdível. Gastamos 3 horas para percorrer todo o percurso, parando […]

              Bondi Beach – Sydney (Austrália)

              Bondi (originalmente Boondi, pronuncia-se “Bon-dai”) dá nome ao bairro e à praia, uma das mais badaladas da região metropolitana de Sydney, localizada a apenas 7 km da área central da cidade. Bondi, North Bondi e Bondi Junction têm menos de 12 mil habitantes e formam um dos maiores centros comerciais e residenciais de Sydney. Há […]

                Coogee Beach – Sydney (Austrália)

                Coogee Beach foi a terceira e última praia de Sydney que conhecemos, em nosso quarto dia de Sydney (5 de setembro de 2023). Era inverno, mas o dia estava ensolarado, ótimo para caminhar pela praia, pela calçada da orla e para percorrer a costa entre Coogee e Bondi. Estava ventando menos e foi possível ficar […]