Contraste
  • Aumentar fonte
  • A+
  • Diminuir fonte
    A-

    Casa do Baile – Belo Horizonte – MG

    A Casa do Baile está localizada em uma pequena ilhota na Lagoa da Pampulha em Belo Horizonte. O acesso à ilhota é por uma pequena ponte de inspiração japonesa, semelhante a dos Jardins de Claude Monet em Giverny (70 km de Paris), que a conecta com o calçadão que margeia a lagoa, na Avenida Otacílio Negrão de Lima, 751.

    Casa do Baile

    A Casa do Baila faz parte do Conjunto Arquitetônico da Pampulha e é mais um projeto do Arquiteto Oscar Niemeyer, realizado entre os anos de 1940 e 1942, com paissagismo de Burle Marx. A partir deste projeto a linha desenhada em curva tornou-se uma marca do arquiteto.

    Foi projetada para ser um restaurante dançante popular, mas em 1948 passou a ter atividades com fins comerciais. Em 2002, foi reaberta passando por uma restauração coordenada por Niemeyer e tendo nova destinação.

    Atualmente, sedia o Centro de Referência de Urbanismo, Arquitetura e Design que promove exposições, publicações, mostras, seminários, encontros e ações educativas relacionados aos temas de sua vocação – desenvolvimento social e transformação.

    Desde 2016, o Conjunto Moderno da Pampulha faz parte do Patrimônio da Unesco na categoria paissagem cultural.

    Para conhecer mais sobre a Casa do Baile assista o “Documentário Casa Museu | Casa do Baile | Pampulha Território Museus” no YouTube, da Fundação Municipal de Cultura de Belo Horizonte, com depoimentos importantes de profissionais que participaram das transformações ocorridas ali e também imagens aéreas deste espaço que faz parte da história de Belo Horizonte e do Brasil.

    A Casa do Baile funciona de terça a domingo, das 9 às 18 horas e a entrada franca. Conheça mais detalhes da Casa no Wikipédia.

    Posts Relacionados

    1. Thanks for sharing. I read many of your blog posts, cool, your blog is very good.

    Deixe um comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

    Ultimas Postagens

    ver todas

      Roteiro de Bike – Passadiço Ribeirinho de Loures – Lisboa (Portugal)

      Passadiço Ribeirinho de Loures O Passadiço Ribeirinho de Loures é uma passarela de madeira, do tipo palafita, às margens do Rio Tejo, sobre uma zona de sapais e lodaçais, destinada a pedestres e bicicletas, com de 6,15 km de extensão. Começa em Bobadela, na Ponte Ciclo pedonal do Rio Trancão (a 1,5 km da Ponte Vasco da […]

        Brasília na Trilha – 10 anos

        Diário de viagem Há dez anos surgia a inspiração para a criação do blog Brasília na Trilha. A ideia nasceu quando estávamos a caminho de Diamantina – MG, para uma aventura em veículo 4×4, com minha esposa e nossos filhos, além de outros amigos também em carros 4×4. Pensamos em registrar esta e outras viagens […]

          Diamantina – MG

          Brasília na Trilha – 10 anos Diário de viagem Há dez anos surgia a inspiração para a criação do blog Brasília na Trilha. A ideia nasceu quando estávamos a caminho de Diamantina – MG, para uma aventura em veículo 4×4, com minha esposa e nossos filhos, além de outros amigos também em carros 4×4. Pensamos […]

            Caminhada Costeira Coogee a Bondi – Sydney (Austrália)

            Coastal Walkway (caminhada costeira) é o percurso realizado a pé pela costa leste australiana entre as praias de Coogee e a badalada Bondi ou vice-versa (links de posts do Brasília na Trilha). O trecho de uma praia à outra é de 6 km, simplesmente fantástico, imperdível. Gastamos 3 horas para percorrer todo o percurso, parando […]

              Bondi Beach – Sydney (Austrália)

              Bondi (originalmente Boondi, pronuncia-se “Bon-dai”) dá nome ao bairro e à praia, uma das mais badaladas da região metropolitana de Sydney, localizada a apenas 7 km da área central da cidade. Bondi, North Bondi e Bondi Junction têm menos de 12 mil habitantes e formam um dos maiores centros comerciais e residenciais de Sydney. Há […]

                Coogee Beach – Sydney (Austrália)

                Coogee Beach foi a terceira e última praia de Sydney que conhecemos, em nosso quarto dia de Sydney (5 de setembro de 2023). Era inverno, mas o dia estava ensolarado, ótimo para caminhar pela praia, pela calçada da orla e para percorrer a costa entre Coogee e Bondi. Estava ventando menos e foi possível ficar […]