Contraste
  • Aumentar fonte
  • A+
  • Diminuir fonte
    A-

    Elétrico 28 – Lisboa

    O Elétrico é um meio de transporte público tradicional muito utilizado em Lisboa e em outras cidades -um bonde que se desloca sobre carris (trilhos). Normalmente é utilizado nas regiões mais antigas das cidades, uma vez que a sua implantação, em geral, data da segunda metade do século XIX.

    Uma curiosidade sobre os diferentes nomes em português para o mesmo meio de transporte: no Brasil, ônibus, em Portugal, autocarro. O metrô do Brasil é chamado de metro por lá. Trem no Brasil, comboio em Portugal. E o tão famoso bonde, em Portugal chama-se eléctrico.

    A Rede de Elétricos de Lisboa pertence à empresa pública Carris, com uma frota de 63 veículos. As linhas de elétrico são identificadas por um número e chamadas em Portugal de carreiras. Atualmente são seis carreiras.

    A linha (carreira) mais famosa de Lisboa é a do Elétrico 28. É um dos cartões postais da cidade, não só pela história dos elétricos, mas pelo percurso que ele faz.

    O ponto inicial é na Praça Martim Moniz e o ponto final é no Cemitério dos Prazeres, em Campo de Ourique, ou vice-versa.

    O ideal é pegar o elétrico no ponto inicial, pois desta forma é possível ir sentado apreciando todo percurso. Pegar o Elétrico 28 saindo de Campo de Ourique talvez seja melhor pois o movimento é menor que em Martim Moniz. 

    Costumamos pegar o elétrico 28 na Praça Martim Moniz e usar seguinte estratégia: entramos na fila e quando está próximo de nossa vez, observamos se tem lugar livre para irmos sentados. Se não, deixamos algumas pessoas passarem na nossa frente e esperamos o próximo bonde, que sai a cada 10 minutos. Funciona muito bem nossa estratégia.

    Ponto inicial do elétrico 28 na Praça Martim Moniz
    Ponto final do Elétrico 28 em Campo de Ourique, em frente ao Cemitério dos Prazeres

    O trajeto todo leva cerca de 45 minutos, passando por muitos pontos históricos da cidade (cerca de 36), como a Praça Luís de Camões (no Bairro Chiado), o próprio Bairro do Chiado, a Sé, Limoeiro, Miradouro de Santa Luzia, Graça, Basílica da Estrela, entre muitos outros.

    Trajeto do Elétrico 28

    Uma dica: vale a pena comprar o cartão de transporte (o mesmo válido para o metrô), pois o valor do bilhete para o elétrico sai bem mais barato do que pagando a passagem no elétrico.

    Para mais informações consulte o site da empresa Carris.

    Deixe um comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

    Ultimas Postagens

    ver todas

      Brasília na Trilha – 10 anos

      Diário de viagem Há dez anos surgia a inspiração para a criação do blog Brasília na Trilha. A ideia nasceu quando estávamos a caminho de Diamantina – MG, para uma aventura em veículo 4×4, com minha esposa e nossos filhos, além de outros amigos também em carros 4×4. Pensamos em registrar esta e outras viagens […]

        Diamantina – MG

        Brasília na Trilha – 10 anos Diário de viagem Há dez anos surgia a inspiração para a criação do blog Brasília na Trilha. A ideia nasceu quando estávamos a caminho de Diamantina – MG, para uma aventura em veículo 4×4, com minha esposa e nossos filhos, além de outros amigos também em carros 4×4. Pensamos […]

          Caminhada Costeira Coogee a Bondi – Sydney (Austrália)

          Coastal Walkway (caminhada costeira) é o percurso realizado a pé pela costa leste australiana entre as praias de Coogee e a badalada Bondi ou vice-versa (links de posts do Brasília na Trilha). O trecho de uma praia à outra é de 6 km, simplesmente fantástico, imperdível. Gastamos 3 horas para percorrer todo o percurso, parando […]

            Bondi Beach – Sydney (Austrália)

            Bondi (originalmente Boondi, pronuncia-se “Bon-dai”) dá nome ao bairro e à praia, uma das mais badaladas da região metropolitana de Sydney, localizada a apenas 7 km da área central da cidade. Bondi, North Bondi e Bondi Junction têm menos de 12 mil habitantes e formam um dos maiores centros comerciais e residenciais de Sydney. Há […]

              Coogee Beach – Sydney (Austrália)

              Coogee Beach foi a terceira e última praia de Sydney que conhecemos, em nosso quarto dia de Sydney (5 de setembro de 2023). Era inverno, mas o dia estava ensolarado, ótimo para caminhar pela praia, pela calçada da orla e para percorrer a costa entre Coogee e Bondi. Estava ventando menos e foi possível ficar […]

                Manly Beach – Sydney (Austrália)

                Manly foi a segunda praia de Sydney que conhecemos (a primeira foi Bondi), já em nosso terceiro dia na cidade (4 de setembro de 2023). Embora fosse inverno, a temperatura estava amena, em torno de 20ºC, ótimo para caminhar na praia e na calçada da orla. Apesar do vento frio, foi possível tomar um pouco […]