Contraste
  • Aumentar fonte
  • A+
  • Diminuir fonte
    A-

    Jardim das Amoreiras – Lisboa

    O Jardim das Amoreiras situa-se na Freguesia de Santo Antônio. Seu nome oficial é “Jardim Marcelino Mesquita” em homenagem ao escritor e dramaturgo português.

    A melhor forma de chegar até lá é ir de metrô até a Estação do Rato (linha amarela) e caminhar cerca de 250 metros, partindo do Largo do Rato pela Rua das Amoreiras.

    O Jardim das Amoreiras foi idealizado pelo Marquês de Pombal e inaugurado em 1759. Naquela época, foram plantadas 331 amoreiras com o intuito de promover a indústria da seda portuguesa. Realizava-se neste local a Feira das Amoreiras.

    Logo no início da Rua das Amoreiras já é possível avistar o Reservatório Mãe d’Água e a parte final do Aqueduto das Águas Livres, que delimita o jardim em um dos lados.

    Rua das Amoreiras logo depois do Largo do Rato

    O jardim é dividido em duas partes, separadas pelos arcos do aqueduto. A primeira parte está na Rua das Amoreiras, antes de passar sob os arcos, onde se encontram um parque canino (muito comum nos parques e jardins de Lisboa), três grandes painéis de azulejos do século XVIII, instalados ali no paredão em 1950, o busto de Manuel Tito de Morais (político e engenheiro português) e alguns bancos.

    Busto de Manuel Tito de Morais
    Painel de azulejos
    Aqueduto – Painéis de azulejo
    Parque canino e painéis de azulejos no muro

    A segunda parte é passando para o outro lado dos arcos, onde está o Jardim das Amoreiras propriamente dito, distribuído em 6.000 m².

    Jardim das Amoreiras

    Destaques do Jardim das Amoreiras e de seu entorno:

    Museu da Fundação Árpád Szenes-Vieira da Silva
    Capela de Nossa Senhora de Monserrate
    Reservatório da Mãe d’Água ao fundo
    Fonte
    Fonte
    Parque infantil
    Parque infantil
    Adolfo Simões Müller
    Escultura denominada Cadeira de Clara Marta em homenagem a Eduardo Salavisa
    Cafeteria e Busto do Doutor João dos Santos (à esquerda da foto, ao fundo)
    Praça das Amoreiras
    Praça das Amoreiras
    Praça das Amoreiras
    Praça das Amoreiras

    A Praça das Amoreiras conta com wi-fi público.

    Saindo da praça pela Rua das Amoreiras, não poderia deixar de destacar o Arco Triunfal das Amoreiras – uma bela obra. É o centésimo nono arco, um dos últimos do aqueduto, construído para comemorar o final da obra do Aqueduto das Águas Livres, em 1834.

    Arco Triunfal das Amoreiras
    Aqueduto das Águas Livres – Capela de Nossa Senhora de Monserrate sob o arco – Arco Triunfal ao fundo

    Deixe um comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

    Ultimas Postagens

    ver todas

      Roteiro de Bike – Passadiço Ribeirinho de Loures – Lisboa (Portugal)

      Passadiço Ribeirinho de Loures O Passadiço Ribeirinho de Loures é uma passarela de madeira, do tipo palafita, às margens do Rio Tejo, sobre uma zona de sapais e lodaçais, destinada a pedestres e bicicletas, com de 6,15 km de extensão. Começa em Bobadela, na Ponte Ciclo pedonal do Rio Trancão (a 1,5 km da Ponte Vasco da […]

        Brasília na Trilha – 10 anos

        Diário de viagem Há dez anos surgia a inspiração para a criação do blog Brasília na Trilha. A ideia nasceu quando estávamos a caminho de Diamantina – MG, para uma aventura em veículo 4×4, com minha esposa e nossos filhos, além de outros amigos também em carros 4×4. Pensamos em registrar esta e outras viagens […]

          Diamantina – MG

          Brasília na Trilha – 10 anos Diário de viagem Há dez anos surgia a inspiração para a criação do blog Brasília na Trilha. A ideia nasceu quando estávamos a caminho de Diamantina – MG, para uma aventura em veículo 4×4, com minha esposa e nossos filhos, além de outros amigos também em carros 4×4. Pensamos […]

            Caminhada Costeira Coogee a Bondi – Sydney (Austrália)

            Coastal Walkway (caminhada costeira) é o percurso realizado a pé pela costa leste australiana entre as praias de Coogee e a badalada Bondi ou vice-versa (links de posts do Brasília na Trilha). O trecho de uma praia à outra é de 6 km, simplesmente fantástico, imperdível. Gastamos 3 horas para percorrer todo o percurso, parando […]

              Bondi Beach – Sydney (Austrália)

              Bondi (originalmente Boondi, pronuncia-se “Bon-dai”) dá nome ao bairro e à praia, uma das mais badaladas da região metropolitana de Sydney, localizada a apenas 7 km da área central da cidade. Bondi, North Bondi e Bondi Junction têm menos de 12 mil habitantes e formam um dos maiores centros comerciais e residenciais de Sydney. Há […]

                Coogee Beach – Sydney (Austrália)

                Coogee Beach foi a terceira e última praia de Sydney que conhecemos, em nosso quarto dia de Sydney (5 de setembro de 2023). Era inverno, mas o dia estava ensolarado, ótimo para caminhar pela praia, pela calçada da orla e para percorrer a costa entre Coogee e Bondi. Estava ventando menos e foi possível ficar […]