Contraste
  • Aumentar fonte
  • A+
  • Diminuir fonte
    A-

    Museu Nacional de Arte Contemporânea do Chiado – Lisboa

    Museu Nacional de Arte Contemporânea do Chiado – MNAC, também conhecido como Museu do Chiado, está localizado na Freguesia de Santa Maria Maior, no Bairro do Chiado, um dos bairros mais emblemáticos de Lisboa. O Museu é dividido em duas partes, com entradas distintas, uma pela Rua Capelo e a outra pela Rua Serpa Pinto.

    Rua Serpa Pinto
    Rua Capelo
    Museu do Chiado – Esquina da Rua Serpa Pinto e Rua Capelo

    A melhor forma de se chegar ao museu é de metrô pela Estação Baixa-Chiado (linha azul e linha verde), que está a apenas 150 metros do museu, mas atenção, a estação tem saída pela Baixa e pelo Chiado. Para sair no Chiado suba a impressionante e extensa escada rolante (esta é a estação de metrô mais profunda de Lisboa). Outra forma de ir para o museu é utilizando o elétrico, que passa pela Praça Camões (ela está apenas 300 metros do museu), ou taxi ou tranporte por aplicativo, preferimos ir a pé, pois há muito a se apreciar.

    Nas imediações do Museu tem muitos lugares para conhecer, como o Teatro São Carlos, a Livraria Bertrand, a Basílica de Nossa Senhora dos Mártires, a Igreja de Nossa Senhora da Encarnação, a Igreja de Nossa Senhora do Loreto, o Café a Brasileira e a Estátua de Fernando Pessoa, a Praça Luís de Camões entre muitas outras.

    O museu foi fundado em 1911 no espaço do Convento de São Francisco da Cidade, conjunto seriamente afetado pelo terremoto de 1755. O atual museu e outros edifícios da região sofreram também um incêndio em 1988. O museu foi reinaugurado em 1994. Conheça a trajetória completa do museu. Veja o museu no Wikipédia.

    Compramos o ingresso, que custou 4,5 €, na entrada do museu da Rua Serpa Pinto, e foi por lá que começamos nossa visita. Clique aqui para visualizar opções de desconto e horários de visita ao museu. Nesta parte, o museu tem um hall amplo e moderno com algumas esculturas, um pequeno jardim com esculturas de bronze (que poderia ser mais bem cuidado), e mais algumas galerias com quadros. Pelo tamanho, imaginei que teria mais obras, algumas galerias estavam vazias, talvez destinadas a exposições temporárias. 

    Saímos do edifício da Rua Serpa Pinto e fomos para segunda parte do museu na Rua Capelo, denominada Galeria Capelo Norte. Após subir as escadas tem uma cafeteria e uma loja.

    Museu Nacional de Arte Contemporânea – Galeria Capelo Norte
    Entrada do MNAC – Galeria Capelo Norte
    Escada da entrada do MNAC – Galeria Capelo Norte
    Loja e Cafeteria do MNAC – Galeria Capelo Norte

    Logo no início da Galeria Capelo Norte tem uma exposição de móveis da arquiteta e designer irlandesa Eileen Gray, pioneira da arquitetura moderna. Em vários lugares do mundo, inclusive no Brasil, há lojas que vendem réplicas de seus móveis.

    Eileen Gray
    Móveis da designer Eileen Gray
    Móveis da designer Eileen Gray
    Móveis da designer Eileen Gray

    Continuando pelo museu, há várias salas com quadros de diversos pintores portugueses: Artur Loureiro, Antônio Carvalho da Silva (Silva Porto), Tomás da Anunciação, Alfredo Keil, José Malhoa, João Cristino da Silva, entre outros.

    Veja em detalhes todas as obras e artistas expostos no museu, tanto na primeira parte quanto na segunda.

    Deixe um comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

    Ultimas Postagens

    ver todas

      Austrália

      Viajar para a Austrália não estava em nossos planos até há alguns anos, quando, em 2019, nosso filho foi morar lá e a história mudou. Nos programamos para visitá-lo em abril de 2020, compramos as passagens, tiramos o visto e reservamos a hospedagem. Faltando uma semana para a viagem, devido à pandemia, os voos foram […]

        Melbourne (Austrália)

        Melbourne é a cidade mais populosa da Austrália com mais de 5 milhões de habitantes. É a capital do estado de Vitória. Está localizada na Baía de Port Phillip, sendo que o seu centro situa-se no ponto mais ao norte da baía, próximo ao estuário do Rio Yarra.  Melbourne foi fundada em 30 de agosto de 1835, declarada uma cidade […]

          Igrejas – Melbourne (Austrália)

          Assim como os parques, as igrejas costumam ser paradas obrigatórias em nossas viagens e em Melbourne não foi diferente. Normalmente no Brasil e na Europa visitamos igrejas católicas, mas na Austrália visitamos templos de outras religiões como a anglicana, luterana, presbiteriana, entre outras. Em comum a beleza arquitetônica de todas elas. Em algumas assistimos a […]

            Parques, Jardins e Praças – Melbourne (Austrália)

            Dentre os vários pontos de interesse em nossas viagens, com certeza, os Parques, os Jardins e as Praças estão no topo da lista e a cidade de Melbourne é repleta deles, podendo até chamar a cidade de cidade jardim. Tem parques de todos os tipos, alguns imensos, outros menores; alguns com campos de grama para […]

              Londres 2023 (Inglaterra)

              Este post é da viagem de nossa filha realizada em 2023. A primeira vez que fui a Londres foi em 2019, as informações desta viagem estão no post Mochilão na Europa aqui no blog. Mas dessa vez, em 2023, o Brasília na Trilha viajou de Lisboa a Londres na companhia de nossa maior fã e […]

                Holanda

                Amsterdã, Zaanse Schans e Keukenhof Esta viagem foi feita por nossa filha. O país escolhido para o recesso da primavera de 2023 foi a Holanda. Por sorte, ganhei um sorteio da eDreams e consegui fechar cinco diárias para casal no Holiday Inn Express Amsterdam – North Riverside, e duas passagens ida e volta pela KLM, […]