Contraste
  • Aumentar fonte
  • A+
  • Diminuir fonte
    A-

    Miradouro da Senhora do Monte – Lisboa (Portugal)

    O Miradouro da Senhora do Monte está localizado na Freguesia de São Vicente, no Bairro da Graça, no Monte de São Gens, no Largo Monte.

    Está a menos de 300 metros do Jardim Cerca da Graça e a 600 metros do Miradouro da Graça e da Igreja do Convento da Graça (posts do Brasília na Trilha).

    Para ir até até lá tem algumas opções, dependendo de onde você partir. Se optar pelo metrô, a estação mais próxima é a Intendente (650 metros) ou a Estação Martim Moniz (750 metros), ambas da Linha Verde. Seguir depois por subidas e escadas, logicamente, pois o Miradouro fica na parte alta. As fotos das escadas não são para desanimar, são para se exercitar desde já.

    Escada para chegar ao Miradouro
    Escada para chegar ao Miradouro
    Escada para chegar ao Miradouro

    Se estiver nas proximidades da Igreja do Convento da Graça, o elétrico 28 ou o ônibus 734 chegam lá, é mais fácil do que partir de uma das estações de metrô; nesse caso, é só seguir a pé pelo Largo da Graça, Rua Damasceno Monteiro, Miradouro dos Barros (post do Brasília na Trilha) e a Calçada do Monte, são 600 metros. Esta opção partindo do Largo da Graça é ótima, principalmente por ter mais atrativos no caminho: observe na Calçada do Monte, já bem próximo do Miradouro Senhora do Monte, um mural de azulejos com versos da poetisa portuguesa Sophia de Mello Breyner, primeira mulher portuguesa a receber o mais importante prêmio literário da língua portuguesa, o Prêmio Camões, em 1999. O seu corpo, desde 2014, está no Panteão Nacional (post do Brasília na Trilha).

    Calçada do Monte – Miradouro Senhora do Monte no alto (fim da Calçada)
    Mural de azulejos com poesias de Sophia de Mello
    Versos de Sophia de Mello
    Versos de Sophia de Mello

    Tem ainda o Miradouro dos Barros e, se desviar uns 200 metros, tem o Jardim da Cerca da Graça.

    Miradouro dos Barros

    Observe ainda na Rua Damasceno Monteiro o grande mural intitulado “Saudade” de Mário Belém.

    Outra opção é táxi, transporte por app ou tuk-tuk. Já fomos ao Miradouro partindo de locais distintos, inclusive dos citados. A preferência é ir a pé, pois é a maneira de observar melhor os detalhes.

    Miradouro da Senhora do Monte
    Chegando ao Miradouro – partindo da Estação do Metrô Intendente

    O Miradouro, por estar situado no ponto mais alto do Bairro da Graça, é um dos locais com a melhor vista panorâmica da cidade. De lá você enxerga:

    Miradouro da Senhora do Monte
    Miradouro da Senhora do Monte
    Miradouro da Senhora do Monte
    Miradouro da Senhora do Monte

    O local é muito agradável, com árvores frondosas e centenárias, que são avistadas de vários pontos da cidade. Costuma ser movimentado, mas nem tanto como os Miradouros de Santa Luzia ou Portas do Sol. Quase sempre tem músicos de rua se apresentando ali.

    Miradouro da Senhora do Monte

    Os destaques no Miradouro são o oratório com a imagem de Nossa Senhora de Fátima e a Capela de Nossa Senhora do Monte, fundada em 1147 e consagrada a São Gens, bispo que segunda a tradição foi martirizado aqui. Foi neste antigo Monte de São Gens que D. Afonso Henriques instalou o acampamento para a conquista da cidade.

    Imagem de Nossa Senhora – Miradouro da Senhora do Monte
    Capela de Nossa Senhora do Monte – Miradouro Senhora do Monte

    Deixe um comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

    Ultimas Postagens

    ver todas

      Roteiro de Bike – Passadiço Ribeirinho de Loures – Lisboa (Portugal)

      Passadiço Ribeirinho de Loures O Passadiço Ribeirinho de Loures é uma passarela de madeira, do tipo palafita, às margens do Rio Tejo, sobre uma zona de sapais e lodaçais, destinada a pedestres e bicicletas, com de 6,15 km de extensão. Começa em Bobadela, na Ponte Ciclo pedonal do Rio Trancão (a 1,5 km da Ponte Vasco da […]

        Brasília na Trilha – 10 anos

        Diário de viagem Há dez anos surgia a inspiração para a criação do blog Brasília na Trilha. A ideia nasceu quando estávamos a caminho de Diamantina – MG, para uma aventura em veículo 4×4, com minha esposa e nossos filhos, além de outros amigos também em carros 4×4. Pensamos em registrar esta e outras viagens […]

          Diamantina – MG

          Brasília na Trilha – 10 anos Diário de viagem Há dez anos surgia a inspiração para a criação do blog Brasília na Trilha. A ideia nasceu quando estávamos a caminho de Diamantina – MG, para uma aventura em veículo 4×4, com minha esposa e nossos filhos, além de outros amigos também em carros 4×4. Pensamos […]

            Caminhada Costeira Coogee a Bondi – Sydney (Austrália)

            Coastal Walkway (caminhada costeira) é o percurso realizado a pé pela costa leste australiana entre as praias de Coogee e a badalada Bondi ou vice-versa (links de posts do Brasília na Trilha). O trecho de uma praia à outra é de 6 km, simplesmente fantástico, imperdível. Gastamos 3 horas para percorrer todo o percurso, parando […]

              Bondi Beach – Sydney (Austrália)

              Bondi (originalmente Boondi, pronuncia-se “Bon-dai”) dá nome ao bairro e à praia, uma das mais badaladas da região metropolitana de Sydney, localizada a apenas 7 km da área central da cidade. Bondi, North Bondi e Bondi Junction têm menos de 12 mil habitantes e formam um dos maiores centros comerciais e residenciais de Sydney. Há […]

                Coogee Beach – Sydney (Austrália)

                Coogee Beach foi a terceira e última praia de Sydney que conhecemos, em nosso quarto dia de Sydney (5 de setembro de 2023). Era inverno, mas o dia estava ensolarado, ótimo para caminhar pela praia, pela calçada da orla e para percorrer a costa entre Coogee e Bondi. Estava ventando menos e foi possível ficar […]